Autoria Indígena

Xingu – Aweti, Ikpeng, Kaiabi, Kalapalo, Kamaiurá, Kuikuro, Mehiraku, Matipu, Nahukwá, Suiá, Trumai, Waura, Yawalapeti, Yudja, Pauará. Saúde no Xingu. Livro de Ciências, Saúde e Meio Ambiente. Parque Indígena do Xingu. São Paulo. Instituto Sócio-Ambiental. Outubro, 2001.

Xingu – Memórias de Tempos Antigos: livro de mitos de povos antigos do Xingu. Atix/Isa,  São Paulo, 2005.

Kiriri – História da Reconquista de Mirandela. História a Várias Vozes. MEC/SEF/UFBA: Brasília – DF. 2000.

Kiriri – Histórias Kiriri. Fala dos Contadores e Escrita no Português Oficial. Brasília: MEC/ SEF/UFBA. 2000.

Maxacali – Mônâyxop Âgtux Yõg Tappet. O Livro que Conta Histórias de Antigamente. Belo Horizonte: MEC/SEE-MG/Projeto Nordeste/ PNUD, 1998. 1ª ed. (uma edição e os originais)

Maxacali – Cartilha Maxacali 4. de cinco cartilhas. Brasília: FUNAI/SIL. 1992. 5ª ed.

Maxacali – Uxuxet Ax, Hãmxeca Agtux. Geografia da Nossa Aldeia. MEC/SEE-MG, 2000.

Kaingang – Venh Meg – Hinh. SEED/SUED/DEPG/NEI,Curitiba, PR., 1977. (2 exemplares).

Kaingáng e Guarani – Rimy Tyném Gre Han.Porto Alegre: Unijuí Ed. 1996.

Kaingáng e Guarani – Inh Kóneg Kãme.Porto Alegre: Unijuí Ed. 1996.

Kaingáng e Guarani – Kãgran Fã Tora. Porto Alegre: Unijuí Ed. 1998. 2ª ed.

Tupinikim e Guarani – Os Tupinikim e Guarani na Luta pela Terra. Educadores Índios Tupinikim e Guarani/ES. Brasília, 2000.

Professores Kaiowá e Guarani – (cursistas do Projeto Ará Verá) Ñe’e Poty Kuemi.Caarapó MS: MEC/SED- MS/PREFEITURA DE CAARAPÓ. 2001.

Sateré – Mawé – OPISM (Organização dos Profs. Indígenas Sateré- Mawé) Poesias Sateré- Mawé. Manaus. SEDUC/IER – AM, 1998. 22p.

Sateré – Mawé – OPISM. Seres Vivos: Nossas Árvores: O Guaraná.Manaus: SEDUC/IER-AM,1998.

Sateré-Mawé – OPISM – (Organização dos profs. Indígenas Sateré- Mawé). Clóvis Fernando Palmeira Oliveira (org.). Wemahara hap Ko’i. Manaus: SEDUC/IER-AM, 1998.

Sateré-Mawé – Os Sateré-Mawé e a Arte de Construir. Manaus/Amazonas/Governo de Amazonas/SEDUC/IER/AM, 1998.

Sateré-Mawé – Tupana Ewowi Wrutuwepy. Manaus: GOVERNO DE AMAZONAS/ SEDUC-IER/AM, 1998.

Mundurukú – Ayapapayu ‘um ‘ um ekauen. Histórias dos Antigos. Brasília, DF: Publicação do Summer Institute of Linguistics. 1980.

Desana. (do grupo Wari Dihputiro Porá). A Mitologia Sagrada dos Antigos. Amazonas: UNIRT/FOIRN, 1996.

Desana Wari – Antes o Mundo não existia: Mitologia dos Antigos Desana. Kehiriporã.UNIRT/FOIRN, 1995.

Comunidade Tapirapé – Xanetawa Parageta. Histórias das Nossas Aldeias. São Paulo/Brasília: Mec/SEF/MARI. 1998.

Comunidade Tapirapé – Iypywiwe Arexemoonawa Raigãwa. Barra do Bugres, UNEMAT, MT, 2005.

Xavante – Wamerêmé Za’ra. Nossa Palavra Mito e História do Povo Xavante. Editora SENAC. São Paulo. 1998.

Comissão Pró-Índio do Acre – Shempabu Miyui. História dos Antigos. SR.

Centro de Trabalho Indigenista – Livro do Artesanato Waiãpi. Brasília. MEC/SEF, 1998.

Ticuna – Torii ‘ Ügü. Nosso Povo. Rio de Janeiro. MUSEU NACIONAL/UFRJ/SEC/ MEC/SEPS/FNDE. Memórias Futuras Edições Ltda. 1985.

Ticuna – O Livro das Árvores. Benjamin Constant. Organização Geral dos Profs Ticuna Bilíngües, 1977.

Krenak – Conne Panda, Rithioc Krenak (profs. Krenac em formação no Parque Estadual do Rio Doce – MG). Coisa Tudo na Língua Krenac. PARQUE ESTADUAL DO RIO DOCE/MEC/UNESCO/SEE-MG, 1997 (PIE/MG). (2 livros).

Pataxó – O Povo Pataxó e sua História. PARQUE ESTADUAL DO RIO DOCE-MG/ SEE-MG/UNESCO/MEC, 1997 (PIE-MG). (5 exemplares).

Pataxó – Kanátyo, Poniohom, Jassanã. Cada Dia é Uma História. Brasília: MEC/SEF/SEE – MG,2001.

Acre – Jaime Sebastião Rrishico Lhulhu Manchinere, Antônio Gerônimo Manchinere (org.) Hinkaklu – MTA. Brasília: MEC/SEF, 2001. (CPI/Acre).

Xacriabá – Índios Xacriabá. O Tempo Passa e a História Fica. Belo Horizonte: MEC/UNESCO/SEE-MG, 1997.

Xacriabá – Livro Xacriabá de Plantas Medicinais: fonte da esperança e mais saúde. MEC/UNESCO/SEE-MG, 1977 (5 exemplares)

Zoró – Xinepusate Watatã. Pangyjej Kue Sep: A Nossa Língua Escrita no Papel. Núcleo Educação Indígena de Rondônia. NERO/MEC/SEF/NEI-RO, 1994.

Tiriyó – Comunidade Tiriyó, Aldeia Cuxaré. Seró Nai Sarataimö iwehtopompö: História do Peixe-Tesoura. Brasília: MARI E NHI/USP/SEF/MEC, 2000.

Ava Guarani Ayuu – Narraciones de los Ava Guarani de los Departamientos de Ra’Aguasu Y Alto Parana Asunción. Aranduka Petetha.

Ava Guarani Ayuu – Narraciones de los Ava Guarani de los Departamientos de Ra’Aguasu Y Alto Parana Asunción. Aranduka Mokõiha.

Marubo – Yorã Vana Wicha – Ni Pei Rao- Remédios do Mato. CTI, Amazonas, 2005.

Matis – Matsesen Txu Darawakit. Palavras Matis. CTI, Amazonas, 2005.

Timbira/Parkateje – Conhecendo Nosso Povo: Comunidade Indígena Parkateje. SEDUC PA, 1997.

OPIAC/CPI-ACRE – Huni Kuine Miyui. Rio Branco/Acre: MEC/SEF/DPE, 2002.

Intercultural – Vida e Meio Ambiente. Barra do Bugres/MT: UNEMAT: Projeto de formação de professores indígenas. Série Práticas Interculturais.

Intercultural – Meu Povo Conta. Profs. e profas. Indígenas em Pernambuco, BH, 2006.

MEC/SEF/CCPY – Yama Ki Hwërimamouwi The à Oni. Palavras Escritas Para Nos Curar. Escola dos Watoriki Theri Pë. Boa Vista. 1998.

Kaxinawa – Nuku Mimawa – Ed. Kene Hiwe. Rio Branco. 1995.

Antologia da Floresta – Selecionada e ilustrada pelos profs. indígenas do Acre. Rio Branco, CPI. Multiletra, 1997.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: